LET Algarve

No passado dia 26 de julho de 2016 realizou-se em Faro, no auditório da Região do Turismo do Algarve, o primeiro Laboratório Estratégico de Turismo, no Algarve, que contou com a participação de vários atores da região, nomeadamente, ERT do Algarve, Associação do Turismo do Algarve, CCDR Algarve, Municípios, ANA - Aeroporto de Faro, Universidade do Algarve, empresários de vários sectores de atividade (hotelaria, animação, golfe, resorts, entre outros), associações empresariais (designadamente, da AHETA, AHISA, NERA), operadores e entidades culturais da região.

Os LET são espaços de discussão que promovem a partilha de conhecimento, a identificação de áreas críticas e o desenho de soluções, bem como a delimitação de prioridades estratégicas, visando a obtenção de contributos para a Estratégia para o Turismo 2027.

 

CONSULTE AQUI, o documento da apresentação do Laboratório Estratégico para o Turismo do Algarve.

 

Excertos de algumas intervenções no LET Algarve:

 

“É salutar o trabalho de escuta ativa do Turismo de Portugal nas regiões e desta iniciativa na região do Algarve.”

“As entidades estão limitadas na sua ação. É necessário que sejam disponibilizados meios para implementar o plano estratégico para o turismo do Algarve.”

“Pretende-se um Algarve para todo o ano.”

Desidério Silva, Presidente da Região do Turismo do Algarve

 

“Envolver as CCDR é algo positivo, dada a dimensão territorial do turismo.”

“É importante que os protocolos bancários continuem, com vista a promover a necessária remodelação dos empreendimentos turísticos.”

“Há um grande trabalho a fazer no mercado alemão para aumentar a notoriedade do destino nesse país, que é ainda muito baixa.”

“No Inverno existem poucos destinos a voar para o Algarve.”

Pedro Lopes, SALVOR, SA - GRUPO PESTANA

 

“A ideia de fundo da Estratégia Turismo 2027 é positiva. Temos necessidade de ter uma estratégia para o turismo, para o país e para as regiões.”

“Temos também que agir no imediato, consolidar o sucesso dos últimos dois anos.”

“É muito importante o diálogo entre a administração central, regiões, municípios, territórios, empresários e associações empresariais.”

Vitor Neto, NERA - Associação Empresarial da Região do Algarve

 

“Genericamente estou de acordo com a Estratégia Turismo 2027.”

“ As questões de ordenamento do território e do ambiente são fundamentais para o turismo.”

“Importa considerar a capacidade de carga dos destinos e promover uma melhor distribuição dos fluxos turísticos.”

“Importa assegurar o enquadramento legal do alojamento local de forma a evitar que haja “economia paralela”.”

 

“O “Portugal 2020” tem medidas interessantes, mas atrasadas - e não vão ao encontro de algumas necessidades, nomeadamente, de projetos em rede.”

“As nossas delegações no estrangeiro têm sido um grande apoio, seria importante continuar a apoiá-las.”

Marta Cabral, Rota Vicentina - Associação para a Promoção do Turismo de Natureza

 

“Deveremos considerar mais estratégias multiproduto e multiregiões”

 “Seria importante perceber qual a razão pela qual a imagem de Portugal não chega aos principais mercados.”

Antónia Correia, UALG

 

“De uma forma genérica fiquei com uma boa impressão da Estratégia Turismo 2027.”

“O Algarve tem péssima sinalética”

João Viegas Fernandes, Universidade do Algarve

 

“É importante que a estratégia e as ações a desenvolver para o turismo, considerem a importância do turismo acessível.”

Manuela Rosa, Universidade do Algarve - Instituto Superior de Engenharia

 

“A exploração do petróleo e gás natural constituem uma ameaça para o turismo no Algarve”

Eglantina Monteiro, Companhia das Culturas

 

“O Turismo de Portugal tem feito um magnífico trabalho nos últimos anos. Estas reuniões são muito úteis e importantes, mas devem ser vistas como um ponto de partida. Devem ter continuidade. Deveriam ser desenvolvidas reuniões setoriais em torno de temas específicos.”

“A estratégia apresentada é um documento interessante, mas genérico. É um documento de bom senso. Seria interessante que pudesse ser mais concreto com plano de ações setoriais.”

“Há duas diferenças em relação aos documentos estratégicos anteriores. Não fala de produtos, nem fala de mercados. Deveria existir uma matriz regiões/produto.”

“É importante que a estratégia considere uma análise da concorrência.”

Diogo Gaspar Ferreira, APR - Associação Portuguesa de Resorts

 

Foram analisados quatro mercados, mas deveriam ser analisados também outros com relevância para o País.”

“Deverão ser consideradas as tendências do turismo, tais como, millenials, tic e low-cost.”

“Considero relevante a existência de uma análise produto/mercado.”

Cláudia Almeida, Universidade do Algarve – ESGHT

 

 “ A linha férrea do Algarve deveria ser valorizada.”

Francisco Palma Dias, Companhia das Culturas

 

“As metas deveriam prever vários indicadores que não tenham que ver apenas com a hotelaria.”

“Ao nível regional, é difícil ter informação rigorosa de forma atempada.”

“É necessária simplificação e descentralização de competências, com vista a promover uma maior autonomia regional.”

João Fernandes, Região de Turismo do Algarve

 

“A N125 é um péssimo cartão de visita do Algarve.”

Joana Germano, Associação Odiana

 

“O turismo é a principal atividade da região.”

“É importante alavancar o turismo com as outras atividades da região, estruturando a oferta de forma complementar.”

Adriano Guerra, CCDR Algarve

 

“É importante promover a requalificação da oferta turística existente, nomeadamente nas zonas com maior intensidade turística.”

“A promoção turística externa deve ser mais comercial.”

“A realização de eventos âncora é fundamental para o aumento da notoriedade da região.”

 “É importante criar mecanismos de financiamento para as empresas, sobretudo na época baixa, para combater a sazonalidade.”

“Também é muito importante a formação de ativos nas empresas.”

 Elidérico Viegas, AHETA

 

Fotos da sessão: 

 

C_Discussao Publica 1.jpg  C_Discussao Publica 4.JPG

A_Abertura 2.JPG   B_ET27 2.JPG

D_Manuela Rosa.JPG  D_Marta Cabral.JPG

D_Diogo Gaspar Ferreira.JPG  D_Francisco Palma Dias.JPG

D_Antonia Correia.JPG  D_Claudia Almeida.JPG  D_Joana Germano.JPG

D_Pedro Lopes.JPG  D_Vitor Neto.JPG

E_Encerramento 1.JPG  E_Encerramento 2.JPG

 

Programa LET Algarve:

programa LET2027_FARO_ultima versao.png